Informações de Contato


BELO HORIZONTE, MG

Estamos disponíveis Ligue agora.

O evento secreto que ocupa os lugares mais inusitados do mundo

Beagá, terça-feira (28 de junho), o rolê? Sofar Sounds, uma comunidade global de artistas e amantes da música que nasceu em 2010 em Londres e hoje acontece em várias cidades ao redor do mundo. Neste dia em especial, o Brasil recebia duas edições, uma no Rio de Janeiro e outra na terrinha.

Quem? Onde? São perguntas que sempre rodeiam as edições do Sofar, mas que só são respondidas horas antes do evento, o que compete um caráter intimista às gigs que acontecem nos lugares mais inusitados da cidade. Esta edição foi na Alcova Libertina –Ateliê do bloco carnavalesco homônimo e um dos mais irreverentes da cidade – que por si só já tem uma energia fantástica, localizado no início de um dos bairros mais tradicionais da cidade, o Floresta, e com uma vista privilegiada para a região central, os pallets, fios de luz e o friozinho davam o clima para os shows.

Chegamos atrasados – obrigado trânsito – e por isso perdemos o show da Bárbara Barcellos que em outra oportunidade havia nos encantado com sua voz doce e poesia mansa.

Não demorou muito e Mário Wamser foi apresentado. E quase que em um ritual, todo mundo se sentou ao chão para apreciar o show que começou com Amor³, o power trio transmitia a sensação de anos de estrada com a suavidade que o songs for a room pede. Nós ali sentados éramos hipnotizados com aquele Cajon ritmado e baixo grave que faziam cozinha para a guitarra e uma voz que, não consigo explicar, apenas sentir.

Ao longo da apresentação notava que o público ficava hipnotizado a cada acorde, e em um piscar de olhos ouvi a galera pedindo: “mais um, mais um”, foi quando me dei conta que também havia sido hipnotizado e não percebi o passar do tempo.

O intervalo era o momento de pegar uma bebida, abraçar alguns amigos enquanto um violoncelo era posto ao palco. Estava por vir a última atração da noite, o Marcus Ruffato.

O ritual se repetiu, nos acomodamos, e a certeza era que algo mágico acontecia ali.
Que sonzinho bom, o violoncelo com percussão e aquele violão… Ah! sem falar das vozes que eram convidadas a cada canção.
E mais uma vez a mágica aconteceu, ficamos ali sentados e como num estalar de dedos estávamos pegando as últimas cervejas, e marcando um rolê pra Agosto.

A experiência de curtir o Sofar Sounds é sem igual, os locais inusitados, a curadoria de artistas e o clima intimista nos fazem lançar um olhar diferente sobre a produção artística da cidade.

Artistas Convidados:
Bárbara Barcellos
Mário Wamser
Marcus Ruffato – Projeto Alpercata

Quer saber um pouco mais sobre esse projeto?
Inscreva-se para receber convites

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar:

administrator

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *