Informações de Contato


BELO HORIZONTE, MG

Estamos disponíveis Ligue agora.

Foto: LEILA PINHEIRO E GUINGA © Renato Mangolin

Leila Pinheiro, Ana Carolina e Simone Guimarães estão entre as oito vozes femininas convidadas para a homenagem, que vai rolar entre 8 de outubro e 12 de novembro

O Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB vai retomar, no formato online, uma série musical que estreou poucos dias antes da quarentena. “GUINGA E AS VOZES FEMININAS” será realizada de 8 de outubro a 12 de novembro no canal oficial do Banco do Brasil no Youtube, com idealização e direção da artista visual e cineasta Fernanda Vogas. Em cada live, transmitida ao vivo direto do CCBB Rio de Janeiro, serão apresentados diferentes repertórios e arranjos para a obra do homenageado, que completou 70 anos em junho deste inimaginável 2020. A série tem patrocínio do Banco do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e o acesso às lives, ao ciclo de palestras e à masterclass será gratuito.

Outras vozes femininas

Guinga vai receber a cantora lírica paranaense – com versatilidade para o popular – Cintia Graton e Marcus Tardelli, ex-violão requinto do Quarteto Maogani, que gravou um disco solo dedicado à sua obra. No dia 22, Simone Guimarães, paulista radicada em Brasília, vai cantar com ele e o violonista Jean Charnaux. No dia 25, será a vez de unir pinhos com a carioca Anna Paes, também cantora, mais o clarone de Pedro Paes.

No dia 29 de outubro, Guinga e Charnaux acompanharão a jovem Bruna Moraes, de São Paulo. No dia 1 de novembro, a mineira Ana Carolina emprestará a sua voz grave ao repertório luxuoso de Guinga, com o reforço de Jean Charnaux. Já no dia 5 de novembro, a potência vocal da carioca Ilessi se somará às cordas de Guinga e Charnaux. No dia 8 de novembro, Luísa Lacerda, ótima violonista do Rio de Janeiro, vai cantar e tocar com Guinga e o sax soprano de Zé Nogueira.

Além dos shows, a série oferecerá uma masterclass com o próprio Guinga no dia 10 de outubro, sobre a influência de Villa-Lobos e Tom Jobim nas suas criações. Guinga desenvolveu um jeito único de dedilhar o seu seis cordas, inspirando as novas gerações do violão e fazendo as intérpretes sonharem com o seu acompanhamento inventivo e mais do que completo. E o público poderá assistir a três palestras com a violonista e cantora Anna Paes, professora da Escola Portátil de Música: nos dias 24 (“Guinga e Paulo César Pinheiro”) e 31 de outubro (“Guinga, memória, história e identidade”) e 7 de novembro (“Viva Aldir! A parceria entre Guinga e Aldir”). 

Veja a programação:

AGENDA DE LIVES
Dia 8 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Leila Pinheiro e Marcus Tardelli

Dia 15 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Cíntia Graton e Marcus Tardelli

Dia 22 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Simone Guimarães e Jean Charnaux

Dia 25 de outubro (domingo), às 20h
Guinga recebe Anna Paes e Pedro Paes

Dia 29 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Bruna Moraes e Jean Charnaux

Dia 1 de novembro (domingo), às 20h
Guinga recebe Ana Carolina e Jean Charnaux

Dia 5 de novembro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Ilessi e Jean Charnaux

Dia 8 de novembro (domingo), às 20h
Guinga recebe Luísa Lacerda e Zé Nogueira

Dia 12 de novembro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Leila Pinheiro e Marcus Tardelli

CICLO DE PALESTRAS – POR ANNA PAES
Aos sábados, às 20h
Dia 24 de outubro :: Guinga e Paulo César Pinheiro
Dia 31 de outubro :: Guinga, memória, história e identidade
Dia 7 de novembro :: Viva Aldir! A parceria entre Guinga e Aldir Blanc

MASTERCLASS – COM GUINGA
Dia 10 de outubro (sábado), às 20h, com a temática “A influência de Villa-Lobos e Tom Jobim na obra do compositor”

Compartilhar:

Paloma Morais

administrator