Informações de Contato


BELO HORIZONTE, MG

Estamos disponíveis Ligue agora.

Foto: Edouard Fraipont

Dos dias 16 de setembro a 15 de outubro, o BDMG Cultural realiza a exposição “Dos que ardem”, do artista plástico e performer Marc Davi, na Galeria de Arte e na plataforma virtual mostrasbdmgcultural.org. O artista irá apresentar uma série de trabalhos performáticos com gestos que discursam sobre corpo, matéria e linguagens.

Ao todo, serão quatro perfomances/instalações apresentadas no BDMG Cultural, durante o período de ocupação da Galeria de Arte. Glory Hole, na tarde de estreia, dia 16 de setembro, às 16h, e em outras duas datas (17/09 e 15/10) ao longo da programação; Ensaio para um corpo (24/9; Camisa Social (01/10) e Da sensação de elasticidade quando se marcha sobre cadáveres (08/10), uma vez cada.

Assista ao teaser:

Programação e sinopses das perfomances:

Glory Hole (2019-2021) | 30 minutos | Dias 16/09, 17/09 e 15/10, às 16h
Nessa ação o artista propõe uma conjunção entre presença e ausência: conduz corpo e lacuna a coabitarem o mesmo tempo-espaço. O tecido de uma burca, ao recair inteiramente sobre o corpo e o rosto do artista, delimita um único poro de troca. O contato com o mundo se fará através da borda circunscrita de um respiráculo. A mediação através de uma única cavidade coloca a burca numa mesma equivalência de funcionalidade do glory hole: uma cápsula que gesta um furo.

Ensaio para um corpo (2013) | 40 minutos | 24/09 às 16h
Deflagrada pela imagem escultórica que se forma a partir de membros presos ao retirarmos peças de roupas, essa performance é um ato de escavação das camadas que recaem sobre um objeto. Os gestos propõem uma espécie de deshierarquização de matérias numa aparente tentativa de se acessar a real natureza daquilo que nos compõe.

Camisa social (2009) | 20 minutos | 01/10 às 16h
Miniaturizado pelas grandes dimensões de uma vestimenta, Marc Davi coloca em xeque a própria possibilidade de se reconhecer qual roupa de fato o seu corpo sustenta: camisa? camisola? vestido? túnica? manto? Diante dos limites tênues entre as categorias, o que se revela é a coexistência de uma convenção e da natureza fugidia de algo que não é capturado. Essas zonas de transição cintilam a arbitrariedade com a qual o corpo é subjugado pela linguagem.

Da sensação de elasticidade quando se marcha sobre cadáveres (2016-2018) | tempo indefinido | 08/10 às 16h
Ao arrancar camadas da parede, Marc Davi esfola a si e ao espaço da galeria, fazendo confundir sua própria pele com a pele do ambiente – parede e chão. Ao diluir as delimitações do corpo até então classificado de  humano, ambiental, arquitetônico, passa a aniquilar as fronteiras de sua nomeação.

Funcionamento da Galeria de Arte
Seguindo os protocolos de segurança do Estado e do município de Belo Horizonte, a Galeria de Arte funcionará às segundas, quintas e sextas-feiras, em horário reduzido, das 10h às 12h e 14h às 17h, com número de visitantes restritos. Para visitação, será necessário a retirada de ingresso gratuito, de acordo com disponibilidade de data e horário, por meio do sympla.com.br/bdmgcultural

O BDMG Cultural é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) e que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e cultura em transversalidade com o turismo. 

Serviço
Mostra Dos que ardem, de Marc Davi
Período: 16 de setembro a 15 de outubro
Onde: Acesso livre na plataforma www.mostrasbdmgcultural.org e na Galeria de Arte do BDMG Cultural (Rua Bernardo Guimarães, 1600 – Lourdes)
Ingressos no Sympla: sympla.com.br/BDMGCultural

Compartilhar:

administrator