Informações de Contato


BELO HORIZONTE, MG

Estamos disponíveis Ligue agora.

Em abril, as atividades do Programa CCBB Educativo – Arte e Educação do Centro Cultural Banco do Brasil estão super legais! O projeto desenvolve ações que estimulam a experiência, criação, investigação e reflexão através de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais. Neste mês, as atividades dialogam com os arredores do CCBB, com o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, e com a exposição Raiz – Ai Weiwei, em temporada até dia 15. Veja todas as atividades:

DESTAQUE DO MÊS
6 DE ABRIL| SÁBADO| 18H
Visita mediada especial para pessoas autistas e suas famílias
Os educadores se juntam ao público para dialogar e trocar percepções acerca da exposição Raiz – Ai Weiwei,.

SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS | 10H ÀS 12H E 14H ÀS 16H

Lugar de Criação 

O Lugar de Criação é um projeto dedicado ao público infantil, com interesse na experimentação da arte e das linguagens contemporâneas. Nele, os educadores e, por vezes, artistas convidados, realizam atividades e intervenções que estimulem a socialização, a curiosidade, a descoberta, a reflexão, o fazer coletivo e a cultura do brincar. As atividades são voltadas para crianças e famílias em quatro fins de semana:

  • 6 E 7 DE ABRIL
    Troca de mudas e oficina de plantio

Desde a chegada da exposição Raiz – Weiwei, os educadores do CCBB investigam as relações das sementes lançadas à terra. Crianças e adultos serão convidados a participarem de rodas de plantio de espécies típicas de jardim, como girassóis e amor perfeito. O público poderá trazer suas próprias mudinhas para as trocas!

  • 13 E 14 DE ABRIL
    Práticas meditativas com crianças pequenas

Inspirada na história de Ai Weiwei, a atividade, voltada para crianças pequenas, convida toda família a experimentar práticas orientais de cultivo da mente e do corpo, como o falun gong, a atenção plena e o yoga dos bichos. É aconselhável vir com roupas leves!

  • 20 E 21 DE ABRIL
    Manipulação de Histórias

A proposta é partilhar uma história, contada a partir da modelagem em argila e da participação do público na construção da narrativa, mas também de sua materialidade. A argila é um elemento de grande importância no trabalho do artista Ai Weiwei, um exímio contador de histórias. Ela também é um material fundamental da ancestralidade brasileira nas suas interseções com a arte e a cultura.

  • 27 E 28 DE ABRIL
    Eu faço meu brinquedo: Punkarrancas

Das águas do Rio São Francisco, às frentes das casas, as carrancas abrem e abençoam caminhos. Misturando a elas as referências dos Ready-made e do pós-pós punk do artista Ai Weiwei, o Lugar de Criação convida o público do CCBB à experimentação, criação, cuidado e germinação das PUNKarrancas.

7 DE ABRIL | 10H ÀS 12H E 14H ÀS 16H
Lugar de Criação em Libras
A Língua de Sinais Chinesa será o tema deste Lugar de Criação em Libras Especial, inspirado na exposição Raiz Weiwei. O encontro será ministrado pelo surdo chinês Chan Chung Lung, conhecido como Peter, que contará sobre sua trajetória de vida e a cultura surda na China. Uma oportunidade para surdos e ouvintes conhecerem os alfabetos manuais dessa língua, vocabulários de cumprimentos, família, calendário, verbo, objetos, forma de diálogo e outros. Este evento contará com intérprete de libras.

27 DE ABRIL| SÁBADO| 14H
Múltiplo Ancestral: Peça a peça com Benedikt Wiertz
O Múltiplo Ancestral é uma plataforma de trocas entre o público, as mestras e mestres ligados a diferentes saberes e práticas culturais, articulando a memória, o afeto e o patrimônio. Nesta edição, Benedikt Wiertz convida as pessoas para imaginar e desenhar um objeto cerâmico que gostariam de ter. A partir do desenho o artista moldará na hora a peça em argila utilizando seu torno. Ao final da atividade, os participantes poderão levar a peça para casa.

Benedikt Wiertz é ex-diretor e professor de cerâmica da Escola Guignard UEMG e professor visitante da Academia de Bellas Artes de Munique, trabalha atualmente como artista, ceramista e professor no seu atelier em Suzana situado na Região da Serra da Moeda. Dedica se nos últimos anos sobre tudo a pesquisa, performance e trabalhos em cerâmica e argila cru. Formado na Alemanha e na Espanha reside desde 1995 em Belo Horizonte e tem uma serie de exposições, participações em seminários e encontros sobre arte e cerâmica com oficinas e palestras na Alemanha, China, Romênia e no Brasil. 

CURSOS
15 DE ABRIL | SEGUNDA-FEIRA | 19H
Transversalidades – O corpo nas artes com Marco Paulo Rolla
Processo de seleção por formulário online: www.ccbbeducativo.com

Curso voltado a professores e educadores, com o objetivo de abordar temas transversais aos campos da educação e da arte. Nesta edição, o artista multimídia Marco Paulo Rolla abordará o uso do corpo na arte, de seus primórdios até a atualidade, por meio de artistas que têm em sua produção o ímpeto ou a necessidade de se apresentarem como imagem ou presença, e dessa forma chegar ao que conhecemos como performance.

Marco Paulo Rolla (São Domingos do Prata MG 1967) é artista multindisciplinado, pintor, desenhista, escultor, com ênfase em seu experimento no campo da performance. Atua no campo da dança e do teatro realizando inúmeros projetos , muitos deles premeados de cenários e figurinos desde 1987. Realizou exposições individuais no Brasil, Alemanha, Argentina e Holanda.

PROGRAMAÇÃO GERAL

DOMINGOS | 16H
Lugar de Criação em Libras
Um Lugar de Criação com ações acessíveis a todos, promovendo a cultura surda.

QUARTA A SEGUNDA | 11H E 18H |
Visitas Mediadas
Diariamente os educadores se juntam ao público para dialogar e trocar percepções acerca da exposição Raiz – Ai Weiwei,, e também sobre o prédio do CCBB (visita patrimonial). Para participar, é necessário efetuar o cadastro 15 minutos antes de cada visita. A capacidade é para até 20 pessoas, cada visita tem duração aproximada de uma hora.

QUARTAS-FEIRAS | 15H | DOMINGOS E SEXTAS | 18H | TRADUÇÃO EM LIBRAS |
Visitas Mediadas em Libras
Seguindo os mesmos princípios da visita mediada, a visita em Libras acolhe pessoas surdas e/ou com deficiência auditiva, numa experiência compartilhada com os educadores . Não é necessário agendamento prévio.

SEGUNDAS, QUARTAS, QUINTAS E SEXTAS | Visitas Educativas Agendadas
Mediada pelos educadores, as visitas são voltadas a grupos escolares ou não, e podem acontecer no período diurno, vespertino e noturno, com duração aproximada de 1h30. É possível escolher entre opções de visitas com ateliê, apenas à exposição ou visita patrimonial. A capacidade é para até 44 pessoas. E-mail para agendamento: [email protected]

 

Centro Cultural Banco do Brasil – Belo Horizonte
Praça da Liberdade, 450 – Funcionários
CEP: 30140-010 | Belo Horizonte – MG
(31) 3431-9400 | Quarta a segunda das 10h às 22h

 



Compartilhar:

administrator

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *